4 - PRIAPISMO

O que é?

É uma ereção peniana prolongada e persistente, freqüentemente dolorosa, desencadeada ou não por estímulo sexual.

A definição se restringe às ereções com mais de 4 horas de duração. Caracteriza-se como uma situação clínica de emergência, requerendo um diagnóstico rápido. É conveniente, sempre que possível, solicitar a presença de um urologista para o primeiro atendimento.

 

Essa ereção involuntária pode ser espontânea, ou causada pelo uso de medicação usado pelo homem para a ereção ( Tanto o medicamento injetável como o em comprimido podem causar uma ereção involuntária, se usados em quantidades exageradas ), ou ainda traumas na região do períneo também levam ao priapismo. Após tombos ou quedas com lesão na área perineal, pode surgir uma fístula responsável por deixar o pênis sempre cheio de sangue e, conseqüentemente, ereto. 

 

O que causa?

Pode trazer seqüelas graves ao homem, caso não tratado a tempo. A ereção não deve ultrapassar quatro horas. Depois disso, o homem corre o risco de ter fibrose, necrose, destruição do corpo cavernoso e impotência definitiva, passadas seis horas de ereção constante, já se começam a ter lesões teciduais.

Tratamento - Fisioterapia Sexual:

Utilizando os princípios do tratamento da DE, dependendo das seqüelas causadas.